Chez Mix | por Sabrina Mix

Blog com dicas de decoração, festas e casamentos. Entre e sinta-se em casa.

Posts Tagged ‘propaganda’

Manifesto #Mizuno @mizunobr

Tags:

Oi, pessoal!

Colocando as leituras físicas em dia mas nem tanto, encontrei uma propaganda super bacana na revista Runner’s World de setembro 2010.

É um manifesto da Mizuno. Dêem uma olhadinha!

CLICA QUE AMPLIA

Aí, dando uma fuçadinha pelo site da marca, encontrei outros “manifestos” de corrida. Todos muito interessantes. Confiram!

Dá até vontade de calçar os tênis e sair correndo por aí, né?!

BEIJOS E SUCESSO!!!

Clientes? NÃO!!!

Tags:

Oi, pessoal!

Você já se deparou com algum estabelecimento comercial que faz uma propaganda OPOSTA aos seus objetivos? Que em vez de atrair, parece que está querendo espantar os clientes?

Pois bem, vou contar alguns casos que me deparei recentemente.

1. Tem uma pizzaria próximo ao local onde eu trabalho. Um dia, passando por ela, me deparei com um cartaz que, em letras garrafais, dizia:

NÃO ACEITAMOS CHEQUES
NÃO ACEITAMOS CARTÕES
NÃO ENTREGAMOS
NÃO FORNECEMOS TALHERES

Fiquei espantada com tantos “nãos”, parecia que eles NÃO queriam que os clientes comprassem lá. Não era mais fácil escrever: SÓ EM DINHEIRO, LEVE E COMA EM CASA?

Aliás, que modelo de negócio é este que vende pizza, tem mesas, mas não oferece talheres para que seus clientes comam no estabelecimento? Eu, hein?!

2. O segundo caso é um daqueles famigerados carros de som. O modelo de propaganda que eles fazem é sempre o mesmo: música + carinha falando + música + carinha falando (repita infinitamente).

Pois bem, outro dia passou um carro desses na minha rua. Dei um pause na programação da TV para esperar que ele passasse e qual não foi meu espanto ao perceber a propaganda.

Primeiro o carinha falava, convidava as pessoas para conhecer as novas instalações de uma loja famosa aqui na minha cidade. Se não me engano, ia até ter alguns comes e bebes gratuitos para quem fosse. Até aí, nada de mais. Mas quando entrou a música…

Eu, hein?! [2]

3. O terceiro caso não é bem um de espantar clientes, mas sim de falta de planejamento.

No site da revista Pequenas Empresas e Grandes Negócios tem um blog chamado O Primeiro Ano da Minha Empresa. Conta a história de Henrique Douglas Silva Janini, 30 anos, dono de uma padaria recém-aberta no bairro da Freguesia do Ó, em São Paulo.

Os posts do Henrique eram super legais e muito úteis para quem está engatinhando no mundo dos negócios. Mas me espantei quando vi a última postagem, ELE VENDEU A PADARIA!!! Pior, o estabelecimento foi aberto em fevereiro/2010, logo, não chegou a completar “o primeiro ano”.

Eu, hein?! [3]